O site da sua empresa já foi adaptado para dispositivos móveis?

site-foto.jpgComo já falamos várias vezes aqui no blog, o site da sua empresa é um elemento muito importante. Quando falamos em site nos dias de hoje não falamos somente daqueles em que navegamos através de nossos computadores ou notebooks, mas também incluímos os smartphones e tablets, os popularizados dispositivos móveis. Por isso é muito importante investir em otimização de páginas virtuais, especificamente para esses dispositivos.

Atualmente, 62% das companhias que projetam um site especificamente para celulares verificam um aumento em suas vendas. Essa adaptação do site pode triplicar suas chances de aumentar as taxas de conversão móveis em 5% ou mais. Usuários de internet em dispositivos móveis já afirmam ter dificuldades de navegar por uma página web. Com isso podemos perceber mudanças de comportamentos dos internautas: 61% das pessoas dizem que deixariam um site que não está otimizado para dispositivos móveis e 46% dos usuários de tais dispositivos dizem que é improvável que eles retornem a sites que apresentaram problemas de acesso na primeira visita.

Dos usuários que se decepcionam com um site que não está funcionando bem no celular, 48% tomam o problema como uma indicação de a companhia simplesmente não se importa com o consumidor. E mais: se um usuário não estiver satisfeito com o site móvel da sua empresa, a chance dele visitar o site de seu concorrente é de 40%. Você não deve deixar isso acontecer!

Então, quais são as estratégias para adaptar seu site para aparelhos móveis e vender mais? Entre as mais comuns vamos citar quatro mais usadas. Em primeiro lugar vem o design responsivo, que é uma combinação de grades fluidas e imagens com media queries que modificam o layout baseando-se no tamanho do visor do dispositivo. Ele funciona através de recursos que determinam as capacidades do dispositivo em que a página está sendo rodada para adaptar-se a ele. Em segundo lugar temos o uso de um plataforma específica para dispositivos móveis, de acordo com o sistema operacional, seja ele iOS, Android, Blackberry, Windows Phone, entre outros.

Em terceiro lugar temos o HTML5 (Hypertext Markup Language), uma linguagem de marcação de hipertexto para apresentar e estruturar o conteúdo na web. Ele é o novo padrão para HTL, XHTML e HTML DOM. E por último, mas não menos importante, temos o design adaptativo que utiliza uma série e layouts estáticos baseados em pontos de interrupção. Por exemplo, você pode criar uma página web em três tamanhos diferentes, um para smartphones, um para tablets e uma para navegador desktop e ele detecta o dispositivo, selecionando o tamanho adequado para visualização.