6 dicas para não deixar seu cliente abandonar o carrinho no meio da compra

carrinho-de-compras.jpgDe acordo com um estudo da Invesp, a taxa de abandono de carrinhos em uma loja virtual chega a 65,23%, um número bastante alto e alarmante para empreendedores de e-commerce. É muito frustrante quando um cliente entra em seu site, escolhe um produto, mas desiste na hora de finalizar a compra.

Para te ajudar na tarefa de diminuir a taxa de desistência de compras e aumentar as vendas do seu e-commerce listamos algumas dicas. Veja abaixo:

1- Evite burocracia. Formulários de cadastros muito extensos podem espantar os consumidores. Somente os dados essenciais para uma transação segura devem ser solicitados no primeiro contato. Deixe para conhecer melhor seus clientes e descobrir suas preferencias em um outro momento.

2- Evite desconfiança. Muitos clientes não se sentem seguros em passar alguns dados pessoais, por isso justifique porque a empresa precisa dessas informações para conquistar a confiança do consumidor.

3- Mantenha seu site funcional. Se no momento da compra o site apresenta algum erro inesperado o cliente vai sair da loja. É importante verificar a velocidade do carregamento das páginas, se os direcionamentos estão corretos, se os sistemas de pagamentos estão funcionando e se todas as etapas da compra podem ser concluídas com sucesso.

4- Transparência. As pessoas gostam de saber exatamente o que está acontecendo e todas suas opções, por isso: mostre ao cliente quantas etapas restam até a finalização do pedido e deixe claro, logo no início, quais as opções para pagamento.

5- Facilite para o cliente. Se o consumidor tiver que abrir uma nova aba para pesquisar o valor do frete a ser pago, há uma grande chance dele não concluir a compra. Dê a ele a possibilidade de calcular o frete e descobrir o prazo de entrega em seu próprio site evitando que a compra se torne uma ação cansativa e trabalhosa.

6- Segurança. Se o consumidor ficar em dúvida se seu site é realmente seguro ele não vai comprar. É importante que sua empresa exiba selos e certificados de segurança, utilize o "https" no endereço, garanta que os dados dos clientes serão armazenados em segurança, deixe dados importantes de loja, como CNPJ e contato, à vista e crie e exponha uma política de privacidade.

Fonte: Meta Análises