Conheça as taxas que indicam se sua campanha de e-mail marketing está dando certo

email-3.jpgPara saber se sua campanha de e-mail marketing está dando certo e vai trazer os resultados esperados, sua empresa pode acompanhar a variação de algumas taxas. Conheça quais são elas e saiba como são importantes para medir seu sucesso:

Taxa de abertura: refere-se à quantidade de destinatários que abriram a mensagem. Essa taxa pode ser obtida dividindo o número de pessoas que abriram a mensagem pela quantidade de pessoas que receberam o e-mail. Ela não pode ser considerada uma métrica exata, porque algumas pessoas podem ter aberto o e-mail de forma automática, mas ainda assim é muito útil, pois com ela é possível avaliar se o título ou chamada colocados no assunto da mensagem é relevante e está atingindo os destinatários. Com essa taxa também é possível definir os melhores horários para disparo de e-mail marketing.

Para calcular essa taxa é possível, na hora de enviar as mensagens, escolher a opção de confirmação automática do sistema quando o cliente ler o e-mail. Em média, o mercado costuma trabalhar com uma taxa de abertura de 20%, mas isso pode variar de acordo com cada segmento.

Taxa de cliques: trata-se da quantidade de cliques que os links que estão incorporados no seu e-mail receberam.  Ela e a taxa de abertura estão diretamente relacionadas porque se o cliente não abrir o e-mail ele não terá a chance de clicar em um link que está dentro dele. Essa ligação entre as duas merece atenção, pois pode servir para ajustar a sua estratégia para atingir seu público: se a taxa de cliques estiver baixa o problema pode estar no título do e-mail que não está convidativo o suficiente para que o destinatário queira ao menos abri-lo. Já se a taxa de abertura estiver alta e a de cliques continuar baixa o problema pode ser que as ofertas não estejam tão interessantes.

Para garantir que os links dentro da sua campanha de e-mail marketing alcancem o objetivo desejado é recomendado deixa-los bem visíveis, coloca-los em quantidade ideal em relação ao tamanho dos textos e imagens usadas na mensagem inteira e que eles sejam imprescindivelmente relacionados ao assunto.

Taxa de rejeição: indica o número de destinatários que não reagiram positivamente à abordagem do e-mail. Existem hoje algumas ferramentas que te ajudam no controle dessa taxa, como a que avisa quando os clientes classificaram a mensagem como spam. Caso essa taxa esteja muito alta, é hora de rever o conteúdo dos e-mails ou sua estratégia de disparo de e-mails marketing.

Taxa de descadastros: refere-se à quantidade de pessoas que optaram por sair da sua lista de destinatários. É muito importante que seus e-mails deem essa opção ao cliente, mas se essa taxa estiver elevada serve como um alerta a sua empresa de que é preciso uma reformulação na sua campanha de e-mail marketing, seja no conteúdo, na quantidade de e-mail ou na hora em que são enviados.