Como atingir usuários de dispositivos móveis com seu e-mail marketing

mobile-email.jpgDe acordo com dados do Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic.br), 24% dos usuários de internet no Brasil se conectam à rede via celular. Isso quer dizer que cada vez mais pessoas abrem seus e-mails através de seus smartphones e tablets. Analisando esses dados podemos afirmar que, se o seu e-mail marketing não funcionar bem em todos os dispositivos, sua campanha não vai atingir o resultado desejado.

Se sua loja virtual envia um e-mail com bom conteúdo, mas o leitor clica na imagem e ela não carrega, o link não abre ou o texto é muito maior do que a tela em que está sendo exibido, você não conseguirá concretizar uma venda. É sobre esse assunto que vamos falar no texto de hoje: como deixar seu e-mail marketing mais atraente para usuários de dispositivos móveis.

O primeiro passo é ter um endereço confiável. O consumidor que está navegando pelo celular está à procura de mobilidade e rapidez, então ele não quer perder tempo tentando descobrir de quem é aquele e-mail com um remetente que ele nunca viu antes. Para ganhar confiança e mais chances de que suas mensagens sejam abertas, é importante certificar que o endereço de e-mail e o nome que aparece na mensagem são facilmente reconhecidos.

Além do endereço de remetente que aparece, o assunto é outro fator decisivo no momento em que o internauta vai optar por abrir a mensagem. Usar chamadas atraentes, curtas e objetivas irá ajudar a ganhar o clique do consumidor.

O segundo passo é dar atenção ao layout. A fonte nunca deve ser pequena demais, não se esqueça de que a mensagem será lida em uma tela de poucas polegadas. O conteúdo deve ser estruturado em uma única coluna, isso facilita a leitura e a diagramação, já que a leitura é feita quase sempre de baixo para cima, por meio de scroll. Na tela touch o toque é menos preciso do que de um mouse, por esse motivo botões de call to action  não podem ser muito pequenos, além disso, isso dificultaria o clique de resposta do consumidor em uma tela reduzida.

E, finalmente, não se esqueça de que as mensagens direcionadas para dispositivos móveis devem, mais do que nunca, ir direto ao ponto e serem ainda mais objetivas, para que o leitor não perca o foco e que a ação pretendida pelo e-mail marketing funcione.