O que é Big Data e como funciona?

big data.jpgBig Data é um termo utilizado para descrever grandes volumes de dados e que vem ganhando mais relevância à medida que a sociedade se depara com um aumento significativo de informações geradas a cada dia. Lidamos com dados desde os primórdios da humanidade, mas acontece que, nos tempos atuais, os avanços tecnológicos nos permitem guardar, organizar e analisar dados muito mais facilmente e com uma frequência bem maior.

Se sua empresa souber como utilizar os dados que tem em mãos, poderá entender como melhorar um produto, como criar uma estratégia de marketing mais eficiente, cortar gastos, produzir mais em menos tempo, evitar desperdício de recursos, superar um concorrente, disponibilizar serviços para um cliente de maneira satisfatória, além de outros fatores decisivos para o sucesso do seu negócio.

Para aproveitar ao máximo as informações, o Big Data trabalha levando em conta os 5 Vs: volume, velocidade, variedade, veracidade e valor.

O volume está relacionado com número gigantesco de dados que geramos diariamente, estima-se que esse volume dobre a cada 18 meses. A variedade está relacionada com a origem dos dados: e-mails, postagens em mídias sociais, mensagens instantâneas, compartilhamento de um texto, post em um blog, um review em um e-commerce, etc. A cada segundo muitos dados novos são criados na internet e por isso precisamos agir em tempo real para lidar com essa imensa quantidade de dados, daí a velocidade.

Não adiantar trabalhar com a combinação dos Vs acima se não temos a veracidade, ou seja, se os dados não forem confiáveis. É necessário que haja processos que garantam o máximo possível de consistência dos dados. Por último temos o valor: se o resultado não trouxer benefícios significativos, o investimento não vale nada.

Veja dois exemplos do Big Data em funcionamento: um portal de saúde e bem estar que consegue cruzar os dados comuns de idade, altura, peso, sexo e localização de 10 milhões de usuários por mês e descobrir qual região tem mais propensão à determinada doença; empresas de tecnologia, que utilizam satélites próprios e conseguem ler informações em tempo real sobre a disponibilidade de vagas em estacionamentos ou até o transito em determinada rua e horário.

Resumindo: a função do Big Data é justamente a de ser capaz de trabalhar com muitas variáveis simultaneamente, além da leitura e renderização de imagens em tempo mínimo e com muita eficácia.