Como o Facebook vai limitar posts caça-clique?

 

clickbait.jpg

 

O Facebook quer acabar com os clickbaits. Isso mesmo! Aquelas postagens do tipo caça-clique, como "Você não vai acreditar no que este homem faz" e tantas outras que vemos por aí, estão com os dias contados na rede de Mark Zuckerberg. 

Na última quinta-feira, 4 de agosto, a rede social divulgou que seus algoritmos vão penalizar títulos como esse no cálculo de exibição de conteúdos no feed de notícias. A briga contra esse tipo de publicação se deve ao conteúdo irrelevante a que quase sempre redirecionam.

No texto, o Facebook diz que um dos valores do seu feed de notícias é a comunicação autêntica e que seus usuários querem ver menos clickbaits. A rede define títulos caça-clique como aqueles que omitem informações de forma intencional ou exageram o título para criar uma expectativa confusa, levando os usuários a clicar em links para descobrir respostas.

Para limitar esse tipo de contéudo, o Facebook identificou frases que normalmente aparecem em títulos caça-clique. A partir daí, criou um sistema que analisa esses títulos e determina quais frases são usadas nas chamadas dos clickbaits, mas não aparecem em outros títulos.

O sistema identifica as publicações caça-clique e também os domínios e páginas de origem delas. Dessa forma, links postados e compartilhados por páginas e domínios que publicam clickbaits com frequência terão menor visibilidade no feed de notícias.

De acordo com o Facebook, um número reduzido de páginas que publicam conteúdo caça-clique sentirão queda no alcance das postagens nos próximos meses. Por enquanto, as novas regras valerão apenas para usuários em inglês, mas é bom já ir pensando em adaptar suas práticas - se for o caso. :)

Continue acompanhando nossas postagens!