Como influenciar a decisão de compra do consumidor

  • Posted on
  • by
  • in

influenciar-comportamento-do-consumidor.jpg

Sim, você pode influenciar o comportamento do consumidor e levá-lo a decidir pela sua oferta!  O portal Endeavor apresentou algumas técnicas da arquitetura de escolhas, e nós mostramos aqui como você pode aplicá-las no seu e-commerce para facilitar e influenciar a tomada de decisão do seu público. Leia a seguir:

1. Simplifique e organize as opções de compra

Consumidores apreciam uma variedade de opções, mas elas podem tornar a decisão de compra um processo cansativo quando apresentadas em excesso. Por isso, procure facilitar ao máximo a ação de escolha do seu produto ou serviço.

Na sua loja virtual, além de organizar as opções em categorias, utilize um filtro colaborativo, que se altera de acordo com o consumo do usuário e sugere opções similares às que ele já visualizou ou comprou.

2. Fale a língua do consumidor e venda benefícios

Muitas ofertas trazem tantos termos técnicos sobre os produtos e serviços, que os consumidores se perdem na hora de decidir. Para evitar que isso aconteça, você precisa entender como os seus clientes pensam e tomam decisões de compra. Só assim, você será capaz de comunicar os benefícios da sua oferta de forma que o consumidor entenda.

Em vez de falar de medidas e termos técnicos difíceis de serem compreendidos, mostre como a oferta atende ao estilo de vida ou necessidades do consumidor. Isso, claro, pode ser estendido a filtros de busca ou tabelas comparativas.

3. Ofereça opções padrão sempre que possível

Sabia que, ao visualizarem uma opção pré-selecionada, as pessoas a enxergam como uma alternativa padrão e tendem a mantê-la como escolha? As atualizações periódicas automáticas de software e a cobrança recorrente de serviços de assinatura são exemplos de alternativa padrão que os usuários tendem a seguir.

Como aplicar isso de outras formas? Ao criar um formulário, reflita sobre quantas decisões ativas são requeridas do usuário no preenchimento e quantas podem ser completadas por padrão. A técnica facilita a usabilidade e diminui o esforço do usuário.

No mais, lembre-se de que a escolha do seu consumidor é definida não só pela relação dele com a sua marca, mas também pelas influências dos concorrentes. Portanto, cabe a você arquitetar escolhas e mostrar por que a sua oferta é a melhor.

Até a nossa próxima publicação!